Usos do Travertino: da arquitetura clássica até os dias de hoje!

Um dos mármores mais elegantes, o travertino é usado desde os tempos clássicos

Você conhece o travertino? Esse tipo de mármore é uma das mais elegantes rochas utilizadas na construção há muitos anos. A sua cor bege e as cavidades e veios lembram ramos e folhas e estão em construção desde os tempos antigos. Quer conhecer todos os usos? Então confira nesse material do PR Grupo Paraná!

Os tipos e acabamentos de travertino

Embora seja chamado de mármore, o travertino na verdade possui características próprias. Existe uma variedade de tipos, mas os principais são o Romano, o Navona e o Nacional, que também é chamado de Bege Bahia e é encontrado no Brasil.

Existem também tipos de acabamento para essa pedra, que podem fazer bastante diferença no resultado visual final na construção ou decoração. No acabamento bruto, a pedra é usada como encontrada na natureza, apenas serrada, sendo comum o uso em paredes. Quando resinada, a pedra traz um outro acabamento, mais uniforme e com os poros da superfície cobertos. 

O acabamento levigado é mais opaco, pois a pedra é lixada até ficar mais lisa. Por fim, o acabamento polido deixa o travertino não só mais liso mas também mais brilhante. Não é indicado para os usos externos, pois torna a pedra mais escorregadia.

O Travertino nas construções antigas

As variedades Romana e Navona são originárias da Itália, e algumas construções históricas nesse país foram feitas de travertino.

O Coliseu de Roma foi construído em alguns tipos de pedras, entre eles o travertino. Esse anfiteatro histórico foi construído entre os anos de 72 e 80 depois de Cristo.

Outra construção famosa que conta com o travertino é a Basílica de São Pedro, no Vaticano. Construída entre 1500 e 1600, a mais importante edificação religiosa do catolicismo usa o travertino em todo o seu exterior, sendo visível para qualquer turista até hoje.

Usos do travertino hoje

O travertino não é só utilizado em construções, mas também como revestimento, na decoração e em ambientes internos. Suas características mais sofisticadas indicam alguns dos usos de hoje.

Paredes internas são opções para aplicação do travertino, relembrando as grandes construções da antiguidade.

O mármore travertino é uma ótima opção para ambientes internos, a elegância da pedra dará um destaque especial aos espaços. Recomenda-se o uso em: soleiras, tampos de mesa, bancadas, painéis, paredes e rodapés.

Na cozinha, a pedra também pode ser utilizada. No entanto, é necessário redobrar o cuidado, já que apesar da resistência, o travertino é poroso e pode manchar – recomenda-se fazer a impermeabilização, para proteger a pedra. As bancadas para fazer refeições são mais adequadas para essa pedra do que bancadas para pia ou corte, por exemplo.

A escada é outra aplicação incrível para o travertino. Esse revestimento dá à escada um toque de nobreza e destaque dentro da casa.

Uma dica importante é que o travertino não é recomendado para ambientes muito molhados, como beira de piscinas, saunas e churrasqueiras.

Conheceu um pouco mais sobre o mármore travertino e seus usos desde a antiguidade até hoje? Aproveite e acesse o site do PR Grupo Paraná para conhecer todas as nossas opções de rochas e acabamentos.

Tudo o que você precisa saber sobre chapas de mármore

Saiba mais sobre a obtenção de chapas de mármore e quais são os acabamentos disponíveis

Quando falamos em sofisticação, o mármore é a primeira coisa que nos vem à cabeça. Mas antes de chegar à decoração dos ambientes, eles passam por um longo processo – e tudo começa com a extração das chapas de mármore. Confira mais detalhes sobre esse processo!

O que é o mármore?

uso do mármore

O mármore é uma rocha metamórfica, o que quer dizer que se trata de uma formação rochosa que se forma a partir da transformação de outra rocha. 

No caso do mármore, essa rocha é o calcário. Com a ação de alta pressão e temperatura ao longo dos anos, o calcário se une aos sedimentos que já estão no solo e se molda no mármore.

Como são obtidas as chapas de mármore?

bloco de mármore

Como se trata de um mineral, o mármore é extraído diretamente das jazidas, que são reservas naturais específicas para essa atividade. Lá, são retirados blocos de pedra que posteriormente são cortados e armazenados.

Em seguida, esses blocos passarão por um processo de industrialização, que consiste em “fatiar” os blocos através do uso de ferramentas específicas, como por exemplo o fio diamantado. Essas fatias são o que chamamos de chapas de mármore.

Processo de obtenção das chapas de mármore

Existe uma série de etapas que os blocos de mármore precisam passar para que se tornem chapas e, por fim, cheguem ao ponto de venda. Confira o processo:

Análise do bloco: aqui é definido o sentido da serrada,é o que define o visual final dos veios que ficarão na chapa de mármore.

Envelopamento do bloco: consiste em estruturar o bloco com uma camada de manta e outros materiais para torná-lo mais rígido para serrada.

Serrada: utilização de um equipamento chamado multifios (que usa vários fios diamantados) para cortar o bloco, desdobrando-o em chapas de mármore.

Forno: a chapa é submetida à desidratação através de um forno para posteriormente receber tela e resina.

Telagem: é a instalação de uma tela de fibra de vidro com resina em uma das superfícies da chapa.

Levigagem: nesse processo, a chapa passa por um maquinário chamado politriz que vai retificar a outra superfície para a resina (lado oposto da telagem).

Resinagem: a chapa é submetida à desidratação novamente através do uso do forno, e após essa etapa é aplicada uma resina na face a ser polida.

Politriz: por fim, a politriz vai polir e fazer o acabamento final da superfície resinada.

Curiosidades sobre as chapas e blocos de mármore

Como sabemos, a rocha vem da natureza e, por isso, afirmamos que cada chapa de mármore é uma peça única, com veios e nuances particulares. Essas chapas normalmente são vendidas em lote. O lote nada mais é do que a sequência de chapas (fatias) que saiu de um bloco de mármore. 

O número de chapas que sai de um bloco depende diretamente do tamanho do bloco. O tamanho da chapa também varia muito devido ao tamanho do bloco. A média do tamanho de uma chapa em mármore Branco Paraná é em torno de 2,80m x 1,80m.

Por que vender as chapas do mesmo lote de mármore?

Vamos utilizar um exemplo para facilitar o entendimento dessa lógica de venda do mármore.

Um cliente deseja fazer um piso em mármore Branco Paraná, mas digamos que é utilizada uma chapa de um lote e outra chapa de outro lote para compor esse piso. Nesse caso, a probabilidade da cor, nuances, veios e detalhes do material serem diferentes uns dos outros é muito grande, devido ao material ser natural.

Por isso, o recomendado é que seja feito o levantamento da metragem quadrada para execução do piso paginado, para então ser realizada a compra das chapas do mesmo lote.

Tipos de acabamento das chapas de mármore

As chapas de mármore brutas, no entanto, não são a única forma de comprar o mármore. Existem diversos acabamentos para a chapa. Confira os principais!

Mármore bruto ou natural

Essa é a forma natural da pedra, ou seja, com acabamento opaco e textura áspera. As aplicações mais comuns são em áreas externas.

Mármore acetinado

O acabamento acetinado dá ao mármore uma característica fosca e lisa. As aplicações mais comuns são pisos ou lugares com grande circulação.

Mármore polido

Este acabamento torna o mármore mais liso e brilhante. É a forma mais clássica de uso do acabamento, podendo ser aplicado em todos os ambientes, como por exemplo paredes interiores, superfícies como tampos, banheiras, bancadas e lareiras.

Mármore escovado

Nesse acabamento, o mármore ganha um aspecto fosco e rugoso e os veios ficam mais evidentes. A aplicação mais comum é em áreas gourmet, escadaria externa ou ambientes mais rústicos.

Vale ressaltar que as chapas de mármore sempre devem ser instaladas por um profissional, caso contrário as peças podem sofrer riscos e danos irreparáveis. Conheça o catálogo de mármores e outras rochas naturais do PR Grupo Paraná no nosso site!

Tipos de acabamentos em mármore e granito: entenda a importância

Os acabamentos em mármore e granito são opções muito populares em projetos de arquitetura devido à elegância e durabilidade desses materiais.

Mármore

Os acabamentos em mármore são muito utilizados em ambientes internos em itens como mesas, escadas, revestimentos de paredes, pisos e colunas. O mármore é uma rocha utilizada desde a antiguidade em obras artísticas e construções, transmitindo luxo e sofisticação.

Acabamento em Marmore Branco Classico - Hall de entrada

Acabamento em Marmore Branco - Banheiro

Granito

Os acabamentos em granito possuem alta resistência e são indicados para ambientes internos e externos. Existe uma enorme variedade de cores e texturas disponíveis, tais como preto, cinza, marrom, verde e amarelo, o que proporciona uma identidade estética singular ao ambiente.

Revestimento em Granito Cafe Imperial - Churrasqueira

Revestimento em Granito Cafe Imperial - Cozinha

Churrasqueira com revestimento em granito Cafe Imperial

Acabamentos em mármore e granito

A instalação de projetos com revestimento em mármore ou granito deve ser executada por um profissional qualificado. Erros de instalação podem comprometer a estética e durabilidade dos materiais, sendo que em alguns casos torna-se necessário a substituição do material devido aos danos irreversíveis. Além do conhecimento técnico, um profissional especializado saberá orientar o cliente quanto à manutenção e proteção de cada rocha.

Confira a seguir os tipos de acabamentos disponíveis no mercado:

Bruto ou natural: É a forma como a pedra vem da natureza, em outras palavras, o mármore é somente serrado. O uso é muito comum em revestimentos para paredes, pois possui uma beleza magnífica.

Resinado ou estucado: Aplica-se uma resina na pedra, que ajuda a cobrir os poros presentes na superfície. Este tipo de acabamento pode ser combinado com o tipo levigado ou polido.

Levigado: Este acabamento possui um aspecto opaco e liso, o que acaba por manter a cor natural da rocha. É possível aplicá-lo de diversas formas em ambientes externos e internos.

Polido: Possui aspecto liso e com brilho.

Se você deseja utilizá-los em seu projeto, a PR Grupo Paraná oferece uma variedade de opções de mármore e granito. Visite a página produtos e entre em contato com nossa equipe para mais informações.