Descubra curiosidades sobre os granitos!

Com padrões variados e cores marcantes, os granitos são pedras repletas de história, qualidade e beleza naturalmente arte! Por isso, além da diversidade de granitos no catálogo do PR Grupo Paraná, as rochas se destacam também pela sua imensa versatilidade, podendo ser utilizadas de inúmeras formas e aplicações.

Hoje, separamos algumas curiosidades sobre o granito, para você conhecer melhor esse material tão incrível! Continue lendo:

 

Origem e extração

 

Para começar, a formação do granito ocorre a grandes profundidades sob a superfície terrestre, levando milhões de anos para se desenvolver como o conhecemos hoje. A palavra “granito” deriva do latim “granum”, que significa grão!

É uma rocha ígnea formada pela solidificação do magma, e sua extração envolve a perfuração de pedreiras para obter grandes blocos. Por isso, empresas como o PR Grupo Paraná buscam práticas sustentáveis na extração para minimizar impactos ambientais, e máquinas avançadas são usadas para cortar e dar forma aos blocos de granito, utilizando alta tecnologia.

 

 

Além disso, apesar do Brasil ser um dos maiores produtores de granitos do mundo, conhecidos por seus padrões exóticos e únicos, grandes jazidas também estão presentes em países como Índia, China e Noruega. 

O material também é a pedra nacional de alguns países, simbolizando resistência e durabilidade e é utilizado em construções em todo o mundo devido à sua disponibilidade global.

 

Propriedades e composição

 

Os granitos são compostos principalmente por quartzo, feldspato e mica, mas também podem conter hornblenda, biotita e magnetita, por exemplo. 

Essa compactação dos minerais garante sua alta densidade, além de torná-lo capaz de suportar excesso de pressão, sendo ideal para construções robustas.

 

 

Classificado como uma das rochas mais duras, os granitos são conhecidos pela sua durabilidade, alta dureza e resistência a riscos e a erosões. Eles também suportam bastante umidade e calor, além de dificilmente manchar desde que selados corretamente.

Você sabia que alguns tipos de granito também emitem radiação natural devido à presença de minerais radioativos? Assim como alguns exibem propriedades magnetizáveis devido à presença de magnetita!

 

Estética dos granitos

 

Nas cores, a pedra pode apresentar uma variedade incrível, incluindo tons de rosa, cinza, preto, branco e verde. 

Apesar da diversidade na sua coloração, os granitos possuem uma característica textura granulada que os identifica, criando sua aparência distintiva. Junto com a textura, seus padrões visuais únicos são marcados pelo contraste entre os minerais que o compõem. 

E, em alguns casos, o polimento do granito é feito manualmente para destacar detalhes particulares.

 

 

Outra curiosidade é que existem algumas variações de granitos com características específicas como: 

  • Brilho natural, que destaca sua beleza mesmo sem nenhum acabamento;
  • Textura porfirítica, com cristais grandes dispersos em uma matriz fina;
  • Composição de padrão com tons de quartzo rosa.

 

Possibilidades de aplicação e utilização dos granitos

 

Com uma estética tão diversa e tantas possibilidades de cores, texturas, acabamentos e efeitos, os granitos ganharam diversas utilidades ao longo da história. Algumas delas são:

  • Balcões, especialmente em cozinhas e banheiros, devido à sua eficiência contra umidade e erosões ou riscos;
  • Pias de cozinhas;
  • Pisos, inclusive aquecido, pois possui boas propriedades isolantes;
  • Revestimentos;
  • Monumentos.
  • Superfícies de afiação de facas;
  • Projetos de paisagismo e áreas externas, especialmente pela sua resistência às condições climáticas.
  • Terapias de pedras, pois algumas crenças sugerem que o granito tem propriedades terapêuticas;
  • Esculturas;
  • Escalada em rochas, sendo utilizado como uma superfície desafiadora na prática;
  • Arquitetura Sacra, com muitos edifícios religiosos ao redor do mundo apresentando detalhes e esculturas em granito devido à sua simbologia e durabilidade;
  • Histórica, usados na construção das Grandes Pirâmides do Egito e na arquitetura grega e romana antiga;
  • Arquitetura Moderna;
  • Proteção Solar, graças à resistência aos raios UV, são utilizadas em algumas fachadas de edifícios para proteção solar;

 

 

O granito é também considerado uma escolha sustentável devido à sua durabilidade e longa vida útil e geralmente requer pouca manutenção além de limpeza regular. Conheça o catálogo aqui, ou fale com nossos consultores especializados!

 

PR Grupo Paraná

 

Com 35 anos de história, somos referência em rochas ornamentais. Extraímos, industrializamos e distribuímos materiais de jazidas próprias, localizadas no Paraná e em Minas Gerais. Somos naturalmente arte!

 

Nos acompanhe nas redes sociais: Facebook, Instagram e Pinterest e fique por dentro de todas as novidades!

 

Como é formado o granito?

Saiba o que acontece no solo até que essa rocha seja formada completamente

O granito é uma rocha ígnea não metamórfica. Sabe o que isso quer dizer? Confira mais sobre como é formado o granito na terra e saiba tudo que acontece com ele até que essa rocha se torne parte da decoração das nossas casas.

Rocha ígnea: o que isso significa?

Para entender como é formado o granito, é importante compreender sua classificação enquanto rocha.

Rocha ígnea quer dizer o mesmo que magmática. Portanto, o granito é resultado do resfriamento do magma de vulcões que foi se sedimentando na crosta terrestre.

Rocha metamórfica: sim ou não?

O granito não é uma rocha metamórfica, diferentemente do mármore.

Na prática, isso diz que o granito não vem de uma única rocha matriz que é transformada pelo tempo e pela ação física e química. O granito, na verdade, é composto de 3 minerais.

Granito: formado de mica, quartzo e feldspato

como é formado o granito

A composição mineralógica do granito é feita da associação de uma série de minérios, tendo como principais o quartzo, a mica e o feldspato.

A mica dá o aspecto brilhoso e é visível nos tons escuros da rocha. Já o feldspato dá as diversas cores para o granito. Por fim, o quartzo confere os tons mais acinzentados.

Todas essas características juntas dão ao granito sua principal característica: as diversas tonalidades unidas em texturas.

Afinal, como é formado o granito?

como é formado o granito

Agora, com toda essa base, é fácil entender a formação do granito.

Há milhões de anos, o magma foi escorrendo de vulcões e se resfriando na superfície da terra, se solidificando ao longo dos anos e sedimentando para abaixo da crosta.

Junto da lava solidificada, minérios variados foram se acumulando. Com alta pressão e temperatura nas camadas mais profundas da terra, esses minérios se combinam até formar o granito.

É por isso que o granito tem tantas cores e padrões diferentes: porque é formado em regiões distintas, que contam com condições específicas e minérios particulares em abundância.

Leia também: De onde vem o granito, como é extraído e distribuído

Aproveite para conhecer os granitos do PR Grupo Paraná, como o Café Imperial, Sea Foam Green, Volcano e muitas outras rochas ornamentais no nosso site.

Newsletter

Receba todas as nossas novidades!