Um dos mármores mais elegantes, o travertino é usado desde os tempos clássicos

Você conhece o travertino? Esse tipo de mármore é uma das mais elegantes rochas utilizadas na construção há muitos anos. A sua cor bege e as cavidades e veios lembram ramos e folhas e estão em construção desde os tempos antigos. Quer conhecer todos os usos? Então confira nesse material do PR Grupo Paraná!

Os tipos e acabamentos de travertino

 

Embora seja chamado de mármore, o travertino na verdade possui características próprias. Existe uma variedade de tipos, mas os principais são o Romano, o Navona e o Nacional, que também é chamado de Bege Bahia e é encontrado no Brasil.

 

Existem também tipos de acabamento para essa pedra, que podem fazer bastante diferença no resultado visual final na construção ou decoração. No acabamento bruto, a pedra é usada como encontrada na natureza, apenas serrada, sendo comum o uso em paredes. Quando resinada, a pedra traz um outro acabamento, mais uniforme e com os poros da superfície cobertos. 

O acabamento levigado é mais opaco, pois a pedra é lixada até ficar mais lisa. Por fim, o acabamento polido deixa o travertino não só mais liso mas também mais brilhante. Não é indicado para os usos externos, pois torna a pedra mais escorregadia.

O Travertino nas construções antigas

As variedades Romana e Navona são originárias da Itália, e algumas construções históricas nesse país foram feitas de travertino.

O Coliseu de Roma foi construído em alguns tipos de pedras, entre eles o travertino. Esse anfiteatro histórico foi construído entre os anos de 72 e 80 depois de Cristo.

Outra construção famosa que conta com o travertino é a Basílica de São Pedro, no Vaticano. Construída entre 1500 e 1600, a mais importante edificação religiosa do catolicismo usa o travertino em todo o seu exterior, sendo visível para qualquer turista até hoje.

Usos do travertino hoje

O travertino não é só utilizado em construções, mas também como revestimento, na decoração e em ambientes internos. Suas características mais sofisticadas indicam alguns dos usos de hoje.

Paredes internas são opções para aplicação do travertino, relembrando as grandes construções da antiguidade.

O mármore travertino é uma ótima opção para ambientes internos, a elegância da pedra dará um destaque especial aos espaços. Recomenda-se o uso em: soleiras, tampos de mesa, bancadas, painéis, paredes e rodapés.

Na cozinha, a pedra também pode ser utilizada. No entanto, é necessário redobrar o cuidado, já que apesar da resistência, o travertino é poroso e pode manchar – recomenda-se fazer a impermeabilização, para proteger a pedra. As bancadas para fazer refeições são mais adequadas para essa pedra do que bancadas para pia ou corte, por exemplo.

A escada é outra aplicação incrível para o travertino. Esse revestimento dá à escada um toque de nobreza e destaque dentro da casa.

Uma dica importante é que o travertino não é recomendado para ambientes muito molhados, como beira de piscinas, saunas e churrasqueiras.
Conheceu um pouco mais sobre o mármore travertino e seus usos desde a antiguidade até hoje? Aproveite e acesse o site do PR Grupo Paraná para conhecer todas as nossas opções de rochas e acabamentos.

 

 

Newsletter

Receba todas as nossas novidades!