PR GRUPO PARANÁ

Profissão Marmorista: como trabalha o profissional do mármore

Utilizar mármore e granito no projeto é sempre um luxo, não é mesmo? Só que existe um detalhe fundamental para que o resultado seja tão exuberante quanto você sonha: o trabalho de um bom marmorista. É claro que é muito importante escolher bem as cores, veios e, principalmente o fornecedor, mas a instalação de mármore e granito necessita de muita técnica e experiência com esse tipo de material. Hoje vamos falar um pouco sobre a profissão de marmorista.

O marmorista é o profissional que faz acabamentos, polimentos, corta e instala as pedras no local. Pequenos erros nestes processos podem comprometer (e muito!) a estética do seu projeto.

Se você não tem um marmorista de confiança, preste atenção nas habilidades essenciais que este profissional deve dominar:

 

1. Técnicas de acabamento

Um aspecto super positivo tanto do mármore quanto do granito é a possibilidade de trabalhar com diferentes tipos de acabamento, principalmente nas bordas, como o simples, boleado, chanfrado, abaulado, rebaixado ou unhatura, polido reto, meia esquadria, meio boleado, chanfro invertido, moldura clássica entre muitos outros. Por isso, é importante que o marmorista conheça bem cada um deles e execute com perfeição. Um bom profissional deve ser extremamente perfeccionista para conseguir identificar mínimas falhas que podem comprometer o resultado final.

Assim como na confecção de roupas, pintura e qualquer outro serviço, o acabamento é tudo. Com as pedras não é diferente! Por isso, o marmorista tem o dom de transformar a matéria-prima em peças incríveis. Mesmo que você escolha um mármore lindo, compre de um fornecedor de confiança e tenha um projeto deslumbrante, o acabamento dado pelo marmorista faz grande diferença no resultado final!

Foto 01

2. Interpretação da ideia do projetista

Normalmente o arquiteto ou designer elabora um conceito de decoração que deve ser refletido em cada detalhe do ambiente, passando todas as medidas do projeto.  O marmorista é profissional responsável em interpretar o projeto e fazer o levantamento quantitativo dos materiais necessário para execução. Por isso, antes de comprar o mármore ou granito, é importante passar o projeto para seu marmorista analisar, pois ele identificará a quantidade ideal de material a ser usado.

Foto 02

3. Técnicas de aplicação em diferentes superfícies

Esta é uma das características mais importantes que o profissional marmorista deve ter. A técnica de aplicação de mármore como piso é muito diferente da utilizada para aplicar a pedra como revestimento em paredes. Além de deixar com a estética impecável, a técnica correta é essencial para garantir a durabilidade da peça. A execução do projeto entregue pelo designer ou arquiteto está longe de ser simples, por isso sempre confie em profissionais bem avaliados pelo mercado. Por exemplo, para instalar uma cuba em uma pia de mármore ou granito é muito importante tirar as medidas exatas do ponto d’água para que na hora da instalação a torneira fique centralizada no meio da cuba. A fixação também requer cuidados, pois se mal colada ou instalada, poderá se soltar com o tempo.

foto 03

4. Sensibilidade artística

Falamos bastante da parte técnica, mas um dos grandes diferenciais de um bom marmorista está na sensibilidade de criar resultados extraordinários, uma visão de artista. Existem projetos mais rotineiros, em que os profissionais estão praticamente acostumados a executar, e mesmo assim necessitam de experiência e capacidade técnica. Mas também surgem pedidos especiais, que só conseguem virar realidade pelas mãos de um excelente marmorista. É um trabalho de composição de peças e cores, pensando no projeto como um todo. Vamos colocar algumas imagens aqui para vocês verem o trabalho esplêndido que alguns marmoristas conseguem desempenhar.

foto 04

Tão importante quanto pensar em uma decoração deslumbrante, é executar o projeto de forma impecável. Com o auxílio de um marmorista competente, é possível criar verdadeiras obras de arte.